Páginas

sábado, 28 de abril de 2018

Top 10 Doramas com Relacionamentos Falsos/de Contrato


Annyeong, leitores! Como vocês estão? Hoje vou fazer um post com um top 10 de doramas coreanos com um tema muito comum e que eu acho bem legal: Romances falsos/de contrato. Não vou colocar em ordem de preferência porque é muito difícil, são todos um pouco diferentes apesar de a temática ser parecida. Espero que curtam esse post, aí vai:

Full House é um clássico do universo dos doramas, tendo tido várias versões depois do original. Basicamente, a história é sobre um ator, chamado Lee Young Jae, que compra uma casa chamada Full House. A casa, na verdade, pertencia a protagonista, chamada Han Ji Eun, mas seus amigos (da onça haha) a venderam sem contar pra ela. Os dois então acabam vivendo juntos, só que ela começa a trabalhar cuidando da casa, para, assim, conseguir recuperá-la. Para limpar o nome d Young Jae, que já tinha se envolvido em muitos escândalos, os dois fingem estar num relacionamento.

Opinião: Pra ser honesta, eu relutei um pouco antes de assistir esse dorama. Talvez por ele já ser um pouco antigo, mas quando eu assisti não achei que foi tudo isso de ruim. Foi um dorama bom, na minha opinião, comparado com alguns outros da época. Acho que podia ter sido melhor abordado porque os dois estavam fingindo um relacionamento, acho que ficou meio vago. Quanto ao protagonista parecer estar meio dividido entre a protagonista e a outra personagem, acho que isso é algo que a gente vê em muitos outros doramas, inclusive não apenas o protagonista, mas também é bem comum entre as mocinhas dos dramas, então acho que não é um problema desse drama em particular.

Lie to Me também é um dorama relativamente antigo. Ele conta a história de uma mulher, chamada Gong Ah Jung, que finge estar casada para impressionar sua amiga (da onça também haha) que casou com o crush dela. A tal amiga acaba pensando que o CEO de uma rede de hotéis,Hyun Ki Joon, é o tal marido dela e, sem querer admitir a mentira, Ah Jung confirma. Ki Joon pensa em processá-la pela mentira, mas quando um investidor internacional parece demonstrar interesse em investir na empresa dele quando pensa que ele está casado com Ah Jung, os dois acabam decidindo manter a mentira para o bem de ambos.

Opinião: Esse é um dos dramas da primeira leva de doramas que eu assisti, e tem um lugar especial no meu coração, é claro haha. A história é bem simples e, pra ser honesta, eu esperava mais dos dois fingindo estarem casados. É claro que eles só queriam fingir o casamento, basicamente, para o investido e a amiga da protagonista, então não tinha porque fazerem um grande esforço, mas eu senti falta de coisas como a convivência na mesma casa, por exemplo, muito comum em outros doramas. A única parte o dorama nesse sentido foi a cena do jantar em que eles convidam algumas amigas da protagonista, mas o irmão do Ki Joon é quem prepara praticamente tudo, senti falta do protagonista ajudando nesse sentido. O final também foi um pouco fraco, na minha opinião, mas isso já e de se esperar nos dramas coreanos.

Mask é um dorama mais recente comparado com os da lista até agora. Ele conta a história de uma jovem pobre, Byun Ji Sook, que tem que trabalhar para pagar dívidas da família. Quando uma jovem rica, Seo Eun Ha, que é idêntica a ela acaba sofrendo um acidente, Ji Sook é chantageada para fingir ser Eun Ha, inclusive se casando com o noivo da sua sósia, Choi Min Woo. Ele é um dos filhos do dono de um conglomerado de empresas e, só aceitou se casar para aumentar suas chances de ser escolhido pelo pai como o herdeiro da empresa, no lugar da sua meia-irmã mais velha.

Opinião: Esse é um daqueles doramas que eu comecei sem muita expectativa e tinha certeza de que não ia gostar, mas surpreendentemente se tornou um dos meus queridinhos que eu sempre acabo voltando a assistir. Apesar de ser um tanto sério e dramático, o que não é do meu gosto, o romance dos protagonistas vai se desenvolvendo muito bem, e rende cenas muito fofas haha. A Ji Sook também vai crescendo com a história e, mesmo que no começo acabe fazendo a gente passar um pouco de raiva, acaba se tornando uma personagem bem mais legal ao longo do drama.

Bride of The Century foi um dorama que eu assiste junto com Mask e, basicamente, eu vi porque a história era parecida e o protagonista era Lee Hong Ki, que eu gosto bastante desde You’re Beautiful. O dorama conta a história de uma jovem pobre, chamada Na Doo Rim, que acaba precisando de dinheiro urgentemente para pagar a operação da sua avó. Ela então aceita fingir ser sua sósia rica, Jang Yi Kyung inclusive para o seu noivo, Choi Kang Joo (qualquer semelhança com o anterior é mera coincidência)Mas a família do protagonista tem uma maldição de praticamente 100 anos, em que a primeira esposa do primogênito da família acaba sempre morrendo logo após o casamento.

Opinião: Apesar de a sinopse ser bem parecida, os dois doramas têm enredos bem diferentes. Enquanto o primeiro parecia focar mais no drama, esse é bem mais comédia. Ver a Na Doo Rim tentando fingir ser alguém totalmente diferente dela, e falhando na maioria das vezes haha, é bem divertido. O romance também é legal e ver o Kang Joo, que antes não tinha nenhuma curiosidade sobre sua noiva, tendo um interesse cada vez maior por ela é legal também. Como sempre não achei o final muito bom, achei que ele foi meio sem sentido, assistam e acho que vocês vão entender do que eu to falando haha.

Fated to Love You: Na verdade eu pensei algumas vezes antes de colocar na lista porque esse dorama tá mais pra casamento forçado do que de contrato haha, mas acho que de certa foram se encaixa nesse post. O dorama conta a história de uma mulher, Kim Mi Young, conhecida como post-it por seus colegas de trabalho por ser útil, mas facilmente descartável (que colegas ótimos esses, só que não). Ela acaba ganhando uma viagem para Maca. Na mesma época, um filho de uma família rica, Lee Gun, viaja para lá para encontrar sua namorada, com quem mantém um relacionamento à distância por alguns anos. Acidentalmente (não tão acidentalmente se vocês assistirem vão entender porque haha) os dois acabam dormindo juntos e a Mi Young descobre depois que ficou grávida. A família dos dois, os obriga a casar, mas ambos concordam em ficarem juntos apenas até a criança nascer.

Opinião: Esse é outro daqueles dramas que eu relutei em assistir e isso porque ouvi falar que a versão original, taiwanesa era bem dramalhão mesmo. Mas como essa parecia ser um pouco mais tranquilha, nesse sentido, e haviam muitos comentários positivos na época, decidi dar uma chance e assistir. Achei que não foi um dorama ruim, mas também não foi o melhor que eu já vi. Adorei a química dos protagonistas, acho que foi o melhor nesse dorama pra ser honesta. Eu até gostei da história, mas achei que de vez em quando o Lee Gun, principalmente, parecia agir de maneira meio, eu diria, fora do personagem. Acho que isso pode ter acontecido porque foi uma adaptação e eles acabavam tendo que seguir o enredo original, mas, ao mesmo tempo, mudavam um pouco os personagens. Não posso dizer com certeza, porque não vi o original, mas acho que o dorama acabou se perdendo um pouco no meio da adaptação.

Marriage not Dating foi outro dorama que me surpreendeu (só teve surpresa nessa lista, minha gente). Também comecei a assistir sem muita expectativa, mas meu interesse foi crescendo a medida que ia acompanhando os episódios. O dorama conta a história de uma mulher, Joo Jang Mi, que sonha com o casamento perfeito com o homem que ela ama e um homem, Gong Gi Tae, que sonha em ficar solteiro em seu apartamento que é o xodó da vida dele. Quando o namorado da Jang Mi não aceita o pedido de casamento dela, da pior maneira possível eu diria, ela acaba aceitando fingir que é noiva do melhor amigo dele, Gi Tae. O Gong Gi Tae, por sua vez, fez uma aposta com a mãe que se ela não aceitasse a mulher com que ele ia se casar, a mãe teria que deixá-lo viver solteiro em seu apartamento, sem pressioná-lo mais com a história do casamento.

Opinião: Acho que a minha sinopse ficou meio confusa, mas eu achei bem legal a história e o enredo. Apesar dos protagonistas não morarem na mesma casa, como também não acontece em Lie to Me, aqui eles passam grande parte do tempo juntos, e, muito desse tempo no apartamento dele. Os dois têm que convencer a mãe do protagonista de que realmente querem se casar, enquanto tentam fazer com que ela seja contra o casamento, o que acaba rendendo muitas cenas engraçadas. Eu realmente gostei de quase todos os personagens, mesmo os que faziam algo de ruim acabavam em algum momento se redimindo, inclusive o Gi Tae que no primeiro capítulo foi, pra mim, muito irritante. Surpreendentemente, foi um dos doramas com um dos melhores finais, na minha opinião. Particularmente a última cena foi muito boa pra mim. Não vou contar como foi para não dar muitos spoilers, mas apesar de ser simples ela conseguiu passar a essência do dorama e dos protagonistas.

That Fool. Mas se for pra falar de surpresa, acho que esse foi um dos doramas que mais me surpreendeu. A história é sobre uma atriz, Han Ji Soo,  que, para esconder sua relação com um homem comprometido, que é filho de um político no meio de uma campanha, acaba fingindo um relacionamento com um homem comum, Gu Dong Baek, que trabalha no correio (acho que não é esse o nome, mas vocês entenderam haha).

Opinião: Como o próprio nome diz, o Dong Baek é realmente bem bobo. Praticamente ele faz tudo pela protagonista, sem pedir quase nada em troca (só alguns autógrafos haha) e mesmo sabendo que ela gosta de outro cara. Com o tempo, vemos como a relação dos dois vai crescendo e, apesar de o romance propriamente dito demorar ainda um pouco para acontecer, os dois acabando mudando de completos estranhos para duas pessoas que se entendem e confiam um no outro, o que também é legal acompanhar. Passei um pouco de raiva da Ji Soo, principalmente no começo, e do Dong Baek por ser bobo demais, mas acho que isso é o que faz dele e do dorama únicos. Achei surpreendente e, até bem interessante, a protagonista não ser perfeitinha e bobinha como acontece geralmente nos doramas, especialmente se considerarmos a época em que ele foi lançado. Gostei muito de como o protagonista faz com que ela veja o mundo com um olhar mais simples e inocente e como ela sem se dar conta vai se apaixonando por ele aos poucos.

Fantasy Couple é um dorama bem antigo que conta a história de uma mulher muito rica, Jo An Na, mas que ninguém gosta por causa da sua personalidade e um faz-tudo pobre, Jang Cheol Soo, que faz qualquer coisa pra poupar dinheiro. Quando a An Na, que não pagou por um serviço doCheol Soo, perde a memória, ele decide fingir que os dois têm um relacionamento e vivem juntos só pra economizar o dinheiro que gastaria com uma babá para os sobrinhos e uma empregada para cuidar da casa. Não precisa nem pensar muito pra saber que o tiro ia sair pela culatra.

Opinião: Acho esse dorama muito engraçado, um dos melhores entre esses mais antigos. Fiquei um pouco na dúvida se ele se encaixava no post, mas acho que entra como um relacionamento falso. Eu gostei muito desse drama porque acho que conseguiu ter de tudo um pouco, comédia, romance e drama, sem ser muito exagerado. Como eu já falei, gosto dos doramas em que eles acabam dividindo a casa porque tem mais tempo de interação entre os personagens. Gostei também bastante de como a Jo An Na foi mudando com o passar do drama e, também, como o Cheol Soo foi se apaixonando aos poucos e se sentindo um pouco culpado por ter mentido sobre o relacionamento dos dois. Enfim, foi um bom dorama que merece estar aqui nessa lista.

Because This is my first life conta a história de uma escritora assistente, Yoon Ji Ho, que está procurando um lugar para morar e um programador de uma empresa de TI, Nam Se Hee que quer dividir o apartamento para conseguir pagar as dívidas que ele fez para comprar a casa. Por causa de um mal entendido, eles acabam indo morar juntos, a protagonista sem saber que divide o apartamento com um homem e o protagonista sem saber que divide com uma mulher. Quando os dois se dão contam da verdade, acabam decidindo ter um casamento falso para poderem continuar vivendo juntos.

Opinião:
Esse é um dos meus favoritos dessa lista e um dos mais recentes também. Os dois tem que fingir tanto para os amigos quanto para os colegas de trabalho e familiares. Por isso, eles estão sempre tendo que “agir” como um casal, o que acho que rende boas cenas. Eu acho que ambos os protagonistas tem personalidades interessantes e diferentes do que normalmente vê-se nos doramas coreanos. Eu gostei bastante de como eles se davam bem e como ambos pensavam que era melhor viver juntos, mesmo que o romance ainda não tivesse realmente surgido haha. É legal também que, embora os dois sejam bem diferentes, quase opostos, eles conseguem conviver bem respeitando o espaço um do outro. É um dorama bem diferente que acho que vale a pena assistir.

My Husband Oh Jak Doo
Esse é um dorama desse ano que ainda está em transmissão, mas também tem essa temática de casamento falso. O dorama conta a história de uma produtora, Han Seung Joo, que descobre que uma mulher foi morta em sua casa e acaba desenvolvendo estresse pós-traumático e um quadro de ansiedade. Ela nunca quis se casar, mas decide ter um casamento falso até superar o trauma. O noivo é Oh Jak Doo um homem que vive numa montanha quase isolada, que acaba aceitando o casamento falso, com a condição de que, depois do fim do casamento, ela o deixe viver em sua montanha, que a Seung Joo acabou herdando após a morte de uma tia.

Opinião: Minha sinopse ficou novamente mega-confusa, mas espero que entendam mais ou menos do que se trata haha. Esse dorama é bem legal, pelo menos até agora. Os dois moram na mesma casa, então acabam passando bastante tempo juntos. A Seung Joo é uma típica pessoa da cidade grande, enquanto o Jak Doo é o perfeito cara do interior, apesar das diferenças de personalidades, ambos se dão bem enquanto vivem juntos e Jak Doo a ajuda enquanto ela tenta superar seu trauma. Como eu disse ainda é um dorama em transmissão então não da pra saber como vai terminar, mas por enquanto ele teve um bom começo, sem dúvidas.

Bom gente, esse foi o post de hoje, espero que tenham gostado desse TOP 10 de doramas de relacionamento/casamento falso/de contrato. Ele ficou meio grande, quase gigante, mas espero que vocês leiam haha. Digam se vocês conhecem e curtiram esses doramas e se há algum outro que vocês gostem, e não está nessa lista, ai nos comentários. Espero que tenham curtido e não deixem de ver os outros posts do blog! :)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Annyeong, querido leitor! Espero que deixe aqui sua opinião sobre o post lido!